DONAR AGORA

Fundação CARF

13 maio, 20

Treino Espiritual: nós precisamos dele

Nesta Primavera, o Evangelho apresenta-nos um cenário campestre: um rebanho a pastar em pastos verdes, e um homem a cuidar deles. É uma imagem antiga nas culturas do Próximo Oriente: apresentar o rei como um "pastor", ou seja, como alguém que guia em busca de alimento, e protege o seu povo.

Já no Antigo Testamento o profeta Ezequiel tinha falado de Deus como pastor de Israel: Isto diz o Senhor Deus: Eu próprio procurarei o meu rebanho e alimentá-lo-ei. (Ez 34,11).

Jesus, o Bom Pastor

As palavras de Jesus são provocadoras para quem conhecia bem o texto de Ezequiel: 11 Eu sou o bom pastor. O bom pastor dá a sua vida pelas suas ovelhas. 12 O assalariado, aquele que não é pastor e a quem as ovelhas não pertencem, vê o lobo chegar, abandona as ovelhas e foge - e o lobo arrebata-as e espalha-as, 13 porque ele é um assalariado e não se importa com as ovelhas. 14 Eu sou o bom pastor, eu conheço o meu e o meu conhece-me. (Jo 10:11-14). Ele apresenta-se como o bom pastor, ou seja, ele assume como sua tarefa o que é de Deus. E com uma generosidade sem limites e doação de si mesmo, até ao ponto de dar a sua vida. Isto foi o que ele fez na cruz e o que celebrámos na Semana Santa.

Cada um de nós, é justo dizer, somos "ovelhas inteligentes", mas "ovelhas" que precisam de ajuda, de alguém para nos defender, de alguém que nos conhece e nos ama, e que nos guia. O Senhor cuida de nós e guia-nos usando pessoas próximas de nós que nos ajudam a ouvir a Sua voz. Isto é o que na tradição da Igreja é chamado de "direcção espiritual" ou "acompanhamento espiritual". Todos nós precisamos disso.

Jesus não revelou os seus planos directamente a Paulo no momento da sua conversão. Quando Paulo lhe pergunta: O que devo fazer? Ele responde: Levante-se e vá para Damasco; lá ser-lhe-á dito tudo o que tem de fazer.. Aí ele pediu a um desses primeiros cristãos, chamado Ananias, para lhe explicar tudo e para o acompanhar nesses primeiros momentos da sua vida cristã. Certamente Paulo falaria com ela com toda a sinceridade sobre o que estava dentro dele, e ela ouvia atentamente as suas palavras com o espírito de aprender e pôr em prática o que ele sugeria. Ananias iria ajudá-lo a pôr em prática as suas boas disposições.

Conversa Francisco Varo 1

Don Francisco Varo en la Parroquia.

Seguindo o exemplo de S. Paulo

Cada um de nós precisa de fazer o mesmo. Pode ser bom reunir-se com um padre com quem podemos falar em profundidade sobre tudo o que nos diz respeito, para que ele nos possa guiar, encorajar e também administrar o sacramento da confissão para manter a nossa alma limpa e bem disposta, cheia de força para aquela grande batalha de amor e paz que é a vida cristã.

As equipas de futebol precisam de um treinador, um "cocheiro" que tenha experiência e reúna os pontos fortes da equipa. Políticos, artistas, empresários têm o seu "treinador" pessoal, um especialista que lhes dá ideias e conselhos sobre como ter sucesso nas suas actividades profissionais. Mais uma razão para todos precisarmos de um bom "treinador" para nos guiar na nossa vida espiritual...

A ajuda que aqueles que nos acompanham pelo caminho nos podem dar é muito diversa: abrir-nos-ão horizontes; guiar-nos-ão na formação de um critério cristão recto que se manifestará no nosso trabalho, no nosso ambiente familiar, nas dificuldades ordinárias... para que as nossas vidas reflictam as maravilhas do Senhor; animar-nos-ão nos momentos de desânimo ou de dificuldades...; terão palavras de encorajamento e de conselho que nos darão firmeza.

También, con su experiencia, nos puede señalar los obstáculos que encontremos en la vida interior y nos ayudará a superarlos, de modo que la gracia de Dios pueda actuar a fondo en nuestros corazones; nos indicará los medios más adecuados para crecer en el amor a Dios; corregirá con prudencia las posibles desviaciones que se puedan presentar en nuestro camino; nos acompañará en los momentos de desconcierto o de especial dificultad; nos ayudará y animará siempre en la lucha interior; nos alentará a ser fermento en medio del mundo, allí donde las ha situado el Señor…

Nestas conversas pessoais, eles também nos ajudarão a partilhar estes sentimentos de Cristo para ajudar a todos, para sermos homens como os Apóstolos, que levam a boa nova do Evangelho por toda a terra.

Como podemos fazer bom uso deste meio de formação cristã?

Antes de mais, se possível, devemos estabelecer um dia e uma hora fixos todas as semanas, por exemplo, para ter esta conversa com o padre... e devemos assegurar-nos de que nos vemos regularmente, superando qualquer acontecimento imprevisto ou mudança de plano. Com a WhastsApp é muito fácil modificar um pouco o encontro, se necessário, para não perder nenhuma conversa.

Também nos ajudará a prepará-lo bem, dando-nos a conhecer para que eles nos possam ajudar melhor. Eu sou o bom pastor, eu conheço as minhas ovelhas -Jesus diz. O pastor precisa de conhecer a situação real tal como ela é, com os seus pontos fortes e fracos, a fim de nos dar a receita mais apropriada.

E vá com um desejo de ouvir e de aprender, de conhecer melhor Jesus: e as minhas ovelhas conhecem-me.

Além disso, quem quer que seja uma boa "ovelha" começa a ser um "bom pastor" que colabora com Jesus na sua tarefa: Tenho outras ovelhas que não são deste aprisco; também tenho de as trazer, e elas ouvirão a minha voz e tornar-se-ão um só rebanho com um só pastor. (Jo 10:16). Há muitos que estão longe de Deus, um pouco ou muito abandonados na sua vida cristã, e Jesus quer alcançá-los também, e conta com a colaboração dos cristãos, de cada um de nós, para que também eles possam encontrar o caminho da felicidade.

Tomemos resoluções concretas: Falo calmamente com um padre todas as semanas? Se não, com quem e quando me poderia encontrar para começar? Sou totalmente sincero para que me conheçam bem e me ajudem? Estou a fazer um esforço todos os dias para pôr em prática os conselhos que recebo?

Vamos notar de perto a paternidade de Deus. Também o cuidado materno da nossa mãe Virgem, que não hesitará em obter a graça de Deus de que precisamos, quando ela vir que nós colocamos em prática os meios apropriados da nossa parte. Pedimos-lhe que nos ajude a pôr em prática os bons votos que o Senhor colocou hoje nos nossos corações.

D. Francisco Varo Pineda
Director de Investigación de la Facultad de Teología en la Universidade de Navarra y profesor de Sagrada Escritura. Publicado en "Diálogos para comprender".

UMA VOCAÇÃO 
QUE DEIXARÁ A SUA MARCA

Ajude a semear
o mundo dos padres
DONAR AGORA